App Houseparty: the next big thing?

De uma coisa já temos a certeza: o Facebook e o Snapchat estão muito atentos à aplicação Houseparty que, apesar de contar com 20 milhões de utilizadores (contra os 2 mil milhões no Facebook e os 173 milhões no Snapchat), está a bater os seus concorrentes no que diz respeito ao Santo Graal da comunicação digital. Falamos de engagement.

O conceito não tem nada de novo. É uma aplicação que permite criar videochats privados com vários utilizadores em simultâneo. O objectivo é fazer uma “festa em casa”, onde estão todos os nossos amigos. O utilizador associa os seus contactos de telefone e redes sociais (à semelhança do que acontece com o WhatsApp) Os amigos dos nossos amigos também podem participar, mas neste caso somos avisados com uma mensagem de alerta “stranger danger”.

Sempre que um contacto estiver online, é enviada uma notificação para podermos iniciar imediatamente um videochat.

Nada de novo. Podia ser a descrição do whatsapp e/ou Skype, mas a crescente procura desta Aplicação na faixa etária mais jovem (60% dos utilizadores têm menos de 24 anos), pode ser explicada na frase da co-fundadora, Sima Sistani, que explica o sucesso de Houseparty:

This feels like a new way for them to connect where they don’t have to be this polished, filtered version of themselves they put out for public consumption.

Ao contrário da lógica dos perfis de Facebook, Instagram e Snapchat – onde temos a consciência que estamos a comunicar com várias pessoas, amigos, colegas, conhecidos, apenas contactos – e por isso funcionamos com um espírito de curadoria onde tudo aquilo que partilhamos – fotografias e vídeos – é pensado ao milímetro, aqui a palavra de ordem é a espontaneidade. Afinal é uma “festa em casa”.

Será que este conceito de rede social, onde nos ligamos com os nossos amigos, pode significar uma mudança de paradigma? Onde passamos da euforia de partilhar a nossa melhor versão com o mundo para nos fecharmos nos nossos círculos de amigos?

Fiquem com o vídeo demonstrativo:

App Houseparty: the next big thing?

 

Fonte Vídeo: No camels (http://israeltrade.org.br/noticias/novas-midias/aplicativo-israelense-de-videos-em-grupo-esta-conquistando-geracao-z)

Texto por: Milene Moreira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s