As Cores de Moonlight

Já lá vai algum tempo desde que o aclamado filme, vencedor de três prémios da Academia, Moonlight, teve a sua apresentação ao mundo cinematográfico. Mas podemos dizer sem nenhuma dúvida que por mais que o tempo passe o filme dirigido por Barry Jenkins continua a surpreender os seus espectadores. Além de abordar um tema controverso, existem inúmeros fatores, desconhecidos por muita gente, que fazem de Moonlight um filme único.

91taZhjiEmL._RI_SX200_

O filme conta a história de um rapaz negro em busca da sua sexualidade e o seu percurso num bairro problemático em Miami. É inegável que a banda sonora e enquadramentos estão impecavelmente escolhidos, mas o que realmente surpreende é a edição de cor e a iluminação artística do filme.

Muitos podem ter dado como coincidência as cores desta obra, mas na verdade esta paleta de tons foi uma escolha meticulosa de James Laxton, o diretor de fotografia, e contém um significado muito mais profundo do que aparenta.

moonlight 6.jpg

Ao ver este filme com atenção podemos reparar que a cor e iluminação estão em tons de azul e roxo, e no seu decorrer podemos observar imensos apontamentos dessas mesmas cores quer na iluminação, quer integradas no cenário e no guarda-roupa das personagens.

Muitas das vezes, na edição da cor do filme, foi necessário mudar a tonalidade de elementos que se encontravam no meio envolvente das personagens, como luzes azuis adicionadas na copa das árvores ou, por exemplo, na cena final do café, as vigas da porta eram originalmente verdes e na edição foram alteradas para um tom mais azulado.

Além destas cores serem as que mais favorecem o tom de pele negro, existe uma história mais complexa por detrás desta escolha. Tarell McCraney, o escritor da história, inspirou-se numa peça nunca encenada intitulada “In Moonlight Black Boys Look Blue”. A ideia de trazer o nome “Moonlight” e as cores azuladas para o filme foi para representar o sentimento de tristeza e solidão. Mas se analisarmos esta frase – passo a repetir, “In Moonlight Black Boys Look Blue” – conseguimos resumir toda a intenção artística do filme, graficamente falando, já que contém duas palavras essenciais “ black” e “blue”. Ao longo desta experiência cinematográfica, o diretor de fotografia remete-nos constantemente para o contraste da pele negra na iluminação azul.

1_EQVJ72sUjoKt4p2mT4GpcA.jpeg

Quanto às redes sociais, este filme possui uma conta certificada no Instagram que conta com mais de cinquenta mil seguidores, onde são publicadas fotografias de cenas do filme e algumas atualizações sobre a vida do elenco do filme. No Facebook o conteúdo é praticamente o mesmo e a página conta com mais de trezentos mil seguidores.

face moon.JPG

Texto por: Isadora Ribeiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s